De resíduos a chips / pellets

De resíduos a chips / pellets

Processamento a partir de resíduos de filmes, fibras e flakes de garrafa pós consumo, em pellets/chips de alta qualidade, com alto nível de pureza, que podem ser mesclados com material virgem na extrusora de produção.

Com este conceito, a produção a partir de resíduos de fibras, filmes e aglomerações de start-up, é colocada em uma trituradora e transportada, por uma correia com separador de metais, para um container intermediário com um agitador, de onde o material é transportado para dentro da Extrusora, através de uma rosca e de um alimentador forçado.

Alternativamente, resíduos aglomerados e de pequenas proporções, podem ser alimentados diretamente na Extrudora MRS. A vantagem de separar as etapas de processamento da redução de tamanho e de extrusão, é que a alimentação do material (e portanto, a taxa de transferência) pode ser equalizada, e metais podem ser confiavelmente extraídos do fluxo de material, o que é muito mais difícil de se obter em sistemas integrados.

A Extrusora funde o resíduo de poliéster suavemente, e extrai os voláteis do polímero  como devolatização da água da superfície absorvida, óleos de fiação e outros aditivos de fiação, ou tinta de impressão (resíduo de filme) na seção de devolatização da MRS. A intensa e eficiente troca de área superficial sob vácuo, garante excelente performance. Contaminantes sólidos como vidro, papel e cerâmica, são removidos pelo troca telas rotativo automático e auto-limpante, e a massa de polímero finamente filtrada, flui para um sistema de pelletização. (cortador de chip).

Opcionalmente (por exemplo, quando é necessário material de alto IV) a massa de polímero pode ser alimentada diretamente no Sistema de incremento de IV (para obter um aumento de IV exato) antes de ser pelletizado. O Sistema de corte de peletização / chip pode ser especificado como um processo de peletização submerso sob a água, para os pellets cilíndricos, com subsequente cristalização, ou alternativamente, como um Sistema de corte na cabeça submerso para pellets esféricos com cristalização de calor residual.Desta forma, um pellet/ chip de alta qualidade pode ser produzido com até mesmo 100% de resíduo industrial.

Exemplos de aplicações:

Pellets para posterior processamento

Pellets para aplicações de alta viscosidade

Vantagens do conceito Gneuss de Reciclagem para produção de pellets/chips

  • Pode-se selecionar uma ampla gama de propriedades de pellet
  • Exato ajuste de viscosidade definido pelo usuário, adaptado aos requisitos da aplicação
  • Misturas definidas pelo usuário
  • Aditivos para uma vasta gama de aplicações são facilmente introduzidos na massa
  • Exploração de novos mercados com o selo de alta qualidade de chips, produzido a partir de resíduos